Os benefícios da internet na vida dos idosos do município de Luziânia-Goiás

Silmara Lúcia Meireles, Renata Costa Fortes

Resumo


Analisou-se os benefícios da internet na vida dos idosos pertencentes ao Projeto “Conviver” no município de Luziânia-Goiás, onde foi realizada uma pesquisa de campo com amostra de 37 idosos de ambos os sexos através de um questionário contendo as variáveis: estado civil, renda, escolaridade, doenças, prática de atividade física, etilismo e tabagismo. Aplicou-se um questionário para avaliar o acesso à internet, a realização de cursos de informática, a finalidade do uso da internet e os benefícios. Observou-se que 78% dos idosos eram mulheres, 35% casados, 13% recebiam menos de um salário mínimo por mês e 5% analfabetos. Constatou-se que 56% eram hipertensos, 24% dislipidêmicos, 13% diabéticos, 3% etilistas, 5% tabagistas e 5% sedentários. Ao analisar o uso da internet, 57% referiram utilizar esse meio de comunicação. Destes, 43% eram capacitados e os acessos mais prevalentes foram: redes sociais (37%), sites de pesquisa (31%), de notícias e esportes (12%), de jogos (6%), de entretenimento (6%) e serviços bancários, trabalho, entre outros (6%). Quanto aos benefícios da internet, 95% disseram que a internet foi capaz de proporcioná-los, destacando-se mais informações e conhecimento (41%), maior comunicação com familiares e amigos (31%), exercício da memória e aumento da autoestima (10%), diversão e entretenimento (6%), amizades (6%) e facilidade cotidiana (6%). O uso da internet foi capaz de proporcionar benefícios aos idosos, com consequente aumento da autoestima e das possibilidades de conhecimento, comunicação e lazer.

 


Palavras-chave


Idosos; Internet; Redes sociais.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Fator de Impacto ISI- International Scientific Indexing

JCR 0.852 (2017)/ JCR 1.021 (2018)

ISSN Online: 2179-0981 / ISSN Impresso: 2316-848X