Retrocesso nas políticas nacionais de saúde mental e de álcool e outras drogas no brasil a partir da nota técnica n°11/2019

Iel Marciano de Moraes Filho, João Pinheiro da Silva, Adriano Figueiredo Mato, Gilvan Silva Bezerra, Cíntia Taumaturgo Fernandes de Negreiros, Ihago Santos Guilherme

Resumo


A Reforma Psiquiátrica Brasileira configura-se sob forte influência da experiência italiana que desloca o cuidado da pessoa com transtorno mental do hospital para a comunidade, mostrando a dimensão política e social da loucura que, a partir de Franco Basaglia, na Itália, passou a ocupar um lugar central no campo da saúde mental.1Desta forma há compreensão da loucura, dos modos de cuidar e a liberdade da pessoa com transtorno mental como eixo central, os serviços criados e o questionamento da cultura manicomial na sociedade são elementos que marcaram e marcam a Reforma Psiquiátrica Brasileira

Referências


Nicácio EM; Bisneto JÁ. A prática do assistente social na saúde mental. 1. ed Rio de Janeiro: Editora UFRJ;2013.

Lima EJB. Cartografias do cuidado em Saúde Mental: O Piauí em cena. [tese]. São Paulo: Pontificia Universidade Católica de São Paulo; 2015. https://tede2.pucsp.br/handle/handle/17091

AMARANTE, P. Loucos pela vida: a trajetória da reforma psiquiátrica no Brasil. 2. ed. Rio de Janeiro: Fiocruz, 1995.

Brasil. Portaria n. 224/92. Estabelece diretrizes e normas para o atendimento em saúde mental. Diário Oficial da União 1992; 2 set.

Macedo João Paulo, Abreu Mariana Marinho de, Fontenele Mayara Gomes,Dimenstein Magda. A regionalização da saúde mental e os novos desafios da Reforma Psiquiátrica brasileira. Saude soc. [Internet]. 2017 Mar [cited 2019 Apr 01] ; 26( 1 ): 155-170. Availablefrom:http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S010412902017000100155&lng=en. http://dx.doi.org/10.1590/s0104-12902017165827.

Ministério da Saúde. Portaria GM/MS n(o) 336, de 19 de fevereiro de 2002. Define e estabelece diretrizes para o funcionamento dos Centros de Atenção Psicossocial. Diário Oficial da União 2002; 20 fev.

Brasil. Lei n(o) 10.216, de 6 de abril de 2001. Dispõe sobre a proteção e os direitos das pessoas portadoras de transtornos mentais e redireciona o modelo em saúde mental. Diário Oficial da União 2001; 9 abr.

Randemark Rocha, NF, Jorge Bessa, MS, Queiroz Oliveira, MV. A reforma psiquiátrica no olhar das famílias. Texto & Contexto Enfermagem [Internet]. 2004;13(4):543-550. Recuperado de: https://www.redalyc.org/articulo.oa?id=71413406

Brasil. NOTA TÉCNICA Nº 11/2019-. Esclarecimentos sobre as mudanças na Política Nacional de Saúde Mental e nas Diretrizes da Política Nacional sobre Drogas. Ministério da Saúde 2019; 6 fev.

Moraes Filho IM, Santos OP, Félis KC, Caetano SRS. Concepções de enfermeiros de um centro de atenção psicossocial sobre o cuidar a adultos com transtornos mentais graves- relato de experiência. REVISA. 2015; 4(2): 86-95.

Barros JAC. Pensando o processo saúde doença: A que responde o modelo biomédico? Saúde e Sociedade 2002; 11(1): 67-84

Machado FB, Moraes-Filho IM, Fidelis A, Almeida RJ, Nascimento MSSP, Carneiro KC. Eletroconvulsoterapia: implicações éticas e legais. Rev. Cient. Sena Aires. 2018; 7(3): 235-47.

Laranjeira Ronaldo, Nicastri Sérgio, Jerônimo Claudio, Marques Ana C. Consenso sobre a Síndrome de Abstinência do Álcool (SAA) e o seu tratamento. Rev. Bras. Psiquiatr. [Internet]. 2000 June [cited 2019 Apr 01] ; 22( 2 ): 62-71. Available from:http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-44462000000200006&lng=en. http://dx.doi.org/10.1590/S1516-44462000000200006.

Moraes Filho IM, Filha FSSC, Almeida RJ. Serviços de atendimento públicos para usuários de álcool e outras drogas. Rev. Cient. Sena Aires. 2016; 5(1):1-3.

Alves V, Lima IM. Atenção à saúde de usuários de álcool e outras drogas no Brasil: convergência entre a saúde pública e os direitos humanos. RDisan [Internet]. 28fev.2013 [citado 1abr.2019];13(3):9-2. Available from: http://www.journals.usp.br/rdisan/article/view/56241

MORAES - Filho IM, Almeida RJ, Santos OP. Activities offered for the therapeutic communities situated in the city of goiânia and characterization of your teams. Vita et Sanitas. 2017; 10(2):20-9.

Moraes Filho IM, Nascimento MSSPN, Santos OP, Félis KC, Santos TN. Atuação dos enfermeiros nos centros de atenção psicossocial- Revisão de Literatura. REVISA. 2015; 4(2):155-69.

Costa JM, Moraes-Filho IM, Souza SAN. A percepção da equipe de enfermagem mediante ás emergências psiquiátricas.Rev Inic Cient Ext. 2019; 2(1): 15-23.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Fator de Impacto ISI- International Scientific Indexing

JCR 0.852 (2017)/ JCR 1.021 (2018)

Qualis CAPES: B4

Índice H: 9,0

ISSN Online: 2179-0981 / ISSN Impresso: 2316-848X