Denúncias de violência financeira contra idosos no Brasil: 2011-2018

Gisely Azevedo da Silva, Linconl Agudo Oliveira Benito

Resumo


Objetivo: Analisar a violência financeira contra idosos no Brasil nos anos de 2011 a 2018. Método: Pesquisa exploratória, descritiva, comparativa e quantitativa. Os dados foram adquiridos junto ao “Disque Direitos Humanos - Disque 100 do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos” (MMFDH). Os dados adquiridos foram organizados no software Microsoft Excel 2016® for Windows®, sendo implementada análise estatística descritiva. Resultados: Foi identificado o universo de 119.440 registros com média e desvio-padrão (14.930±5.249,3). A região Nordeste (NE) registrou a maior preponderância com 39,1% (n=46.711) e o estado de Minas Gerais (MG) registrou a maior preponderância com 10,4% (n=12.458). Retenção de salário/bens foi o crime com a maior preponderância registrando 65,3% (n=77.955) e subtração/invalidação/ocultação e documentos a menor com 0,9% (n=1.055). Considerações finais: Foi verificado aumento na frequência de registros de denúncias de violência contra o idoso no recorte histórico e geográfico analisados.


Palavras-chave


Idoso, Violência, Violações dos Direitos Humanos.

Referências


- Ferreira OGL, Maciel SC, Silva AO, Sá RC da N, Moreira MASP. Significados atribuídos ao envelhecimento: idoso, velho e idoso ativo. Psico-USF. 2010:15(3);357-364. doi: https://doi.org/10.1590/S1413-82712010000300009.

- Duque AM, Leal MCC, Marques AP de O, Eskinazi FMV, Duque AM. Violência contra idosos no ambiente doméstico: prevalência e fatores associados (Recife/PE). Ciência & Saúde Coletiva. 2012:17(8);2199-2208. doi: https://doi.org/10.1590/S1413-81232012000800030.

- Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Cadernos de Atenção Básica - n.º 19. Envelhecimento e saúde da pessoa idosa. Brasília. Distrito Federal. 2006. p. 192. Disponível em: [http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/evelhecimento_saude_pessoa_idosa.pdf ]. Acesso em: 15 out. 2020.

- Organização Pan-Americana da Saúde. Início. Folha Informativa. Envelhecimento e Saúde. 2018. Disponível em: [https://www.paho.org/bra/index.php?option=com_content&view=article&id=5661:folha-informativa-envelhecimento-esaude&Itemid=820#:~:text=Entre% 202015%20e%202050%2C%20a,de%20baixa%20e%20m%C3%A9dia%20renda]. Acesso em: 12 set. 2020.

- Brasil. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Agência IBGE notícias. Com envelhecimento, cresce número de familiares que cuidam de idosos no país. 2020. Disponível em: [https://agenciadenoticias.ibge.gov.br/agencia-noticias/2012-agencia-de-noticias/noticias/27878-com-envelhecimento-cresce-numero-de-familiares-que-cuidam-de-idosos-no-pais]. Acesso em: 13 set. 2020.

- Berlezi EM, Farias AM, Dallazen F, Oliveira KR, Pillatt AP, Fortes CK. Como está a capacidade funcional de idosos residentes em comunidades com taxa de envelhecimento populacional acelerado? Rev. Bras. Geriatr. Gerontol. 2016:19(4);643-652. doi: http://dx.doi.org/10.1590/1809-98232016019.150156.

– Brasil. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Agência IBGE de notícias. PNAD Contínua. Número de Idosos Cresce em 18% em 5 anos e ultrapassa 30 milhões em 2017. Disponível em: [https://www.ecodebate.com.br/2018/04/27/ibgepnad-continua-numero-de-idosos-cresce-18-em-5-anos-e-ultrapassa-30-milhoes-em-2017/ ]. Acesso em: 12 set. 2020.

- Souza A, Pelegrini T dos S, Ribeiro JH de M, Pereira DS, Mendes MA. Conceito de insuficiência familiar na pessoa idosa: análise crítica da literatura. Rev. Bras. Enferm. 2015: 68 (6). 1176-1185. doi: https://doi.org/10.1590/0034-7167.2015680625i.

- Oliveira AS. Transição demográfica, transição epidemiológica e envelhecimento populacional no Brasil. Revista Brasileira de Geografia Médica e da Saúde. 2019:31(15):69-79. doi: https://doi.org/10.14393/Hygeia153248614.

- Sousa NFS, Lima MG, Cesar CLG, Barros MB de A. Envelhecimento ativo: prevalência e diferenças de gênero e idade em estudo de base populacional. Caderno de Saúde Pública. 2018:34(11);1-14. doi: https://doi.org/10.1590/0102-311x00173317.

- Miranda GMD, Mendes ACG, Silva ALA. O envelhecimento populacional brasileiro: desafios e consequências sociais atuais e futuras. Rev. Bras. Geriatr. Gerontologia. 2016:19(3);507-519. doi: https://doi.org/10.1590/1809-98232016019.150140.

- Santos MAB, Moreira R da S, Faccio PF, Gomes GC, Silva V de L. Fatores associados à violência contra o idoso: uma revisão sistemática da literatura. Ciência & Saúde Coletiva. 2020:25(6):2153-2175. doi: https://doi.org/10.1590/1413-81232020256.25112018.

– Biasus F. Reflexões sobre o envelhecimento humano: aspectos psicológicos e relacionamento familiar. Revista Perspectiva. 2016:40(152);55-63. Disponível em: [http://www.uricer.edu.br/site/pdfs/perspectiva/152_594.pdf ]. Acesso em: 13 out. 2020.

- Silva CFS, Dias CMSB. Violência contra idosos na família: motivações, sentimentos e necessidades do agressor. Psicologia: Ciência e Profissão. 2016: 36(3).637-652. doi: https://doi.org/10.1590/1982-3703001462014.

- Oliveira KSM, Carvalho FPB de, Oliveira LC de, Simpson CA, Silva FTL da, Martins AGC. Violência contra idosos: concepções dos profissionais de enfermagem acerca da detecção e prevenção. Revista Gaúcha de Enfermagem. 2018: 39; e57462. doi: https://doi.org/10.1590/1983-1447.2018.57462.

- Brasil. Governo do Brasil. Serviços. Denunciar violação de direitos humanos. Assistência Social. Rede de Assistência e Proteção Social. Proteção Social. Denunciar violação de direitos humanos (Disque 100). 2020. Disponível em: [https://www.gov.br/pt-br/servicos/denunciar-violacao-de-direitos-humanos]. Acesso em: 07 jun 2021.

- Brasil. Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos. Balanço anual do Disque 100 registra aumento de 13% em denúncias de violações contra a pessoa idosa. 2019. Disponível em: [https://www.gov.br/mdh/pt-br/assuntos/noticias/2019/junho/balanco-anual-do-disque-100-registra-aumento-de-13-em-denuncias-de-violacoes-contra-a-pessoa-idosa ]. Acesso em: 13 out. 2020.

- Sampaio TSO, et al. Violência financeira em idosos. C&D-Revista Eletrônica da FAINOR. 2017:10(3);363-375. Disponível em: [http://srv02.fainor.com.br/revista237/index.php/memorias/article/view/665/350]. Acesso em: Acesso em: 10 out. 2020.

- Pinto FNFR, Barham EJ, Albuquerque PP. Idosos vítimas de violência: fatores sociodemográficos e subsídios para futuras intervenções. Estud. pesqui. psicol. 2013:13(3);1159-81. Disponível em: [http://pepsic.bvsalud.org/pdf/epp/v13n3/v13n3a18.pdf]. Acesso em: 30 out. 2020.

- Alarcon MFS, Paes VP, Damaceno DG, Sponchiado VBY, Marin MJS. Violência financeira: circunstâncias da ocorrência contra idosos. Rev. Bras. Geriatr. Gerontol. 2019:22(6);e190182. doi: https://doi.org/10.1590/1981-22562019022.190182.

- Calve T. Aspectos socioculturais do envelhecimento. Curitiba: Contentus. 2020. 100p.

– Minayo MCS. Violência contra idosos: o avesso de respeito à experiência e à sabedoria. Brasília: Secretaria Especial dos Direitos Humanos, 2004. 50p. Disponível em: [http://www.observatorionacionaldoidoso.fiocruz.br/biblioteca/_manual/4.pdf]. Acesso em: 17 maio 2021.

– Dias MI, Lopes A, Lemos R. Violência contra pessoas idosas: um olhar sobre o fenómeno em Portugal. Revista Científica Internacional. 2019:4:1-12. doi: https://doi.org/10.5944/ts.4.2019.25256 .

- Dias VF, Araújo LSLR de, Cândido ASC, Lopes AOS, Pinheiro LMG, Reis LA dos. Dados sociodemográficos, condições de saúde e sinais de violência contra idosos longevos. Revista de Saúde Coletiva UEFS. 2019:9:186-192. doi: http://dx.doi.org/10.13102/rscdauefs.v9i0.3685.

- Faustino AM, Gandoufi L, Moura LBA. Capacidade funcional e situações de violência em idosos. Acta Paulista de Enfermagem. 2014;27(5).392-398. doi: http://dx.doi.org/10.1590/1982-0194201400066.

- Sanches APRA, Lebrão ML, Duarte YAO. Violência contra idosos: uma questão nova? Saúde e Sociedade. 2008;17(3).90-100. doi: https://doi.org/10.1590/S0104-12902008000300010.

- Ferreira PM. Envelhecimento ativo em Portugal: tendências recentes e (alguns) problemas. Revista Kairós Gerontologia. 2015:18 (Nº Especial 19); 7-29. doi: https://doi.org/10.23925/2176-901X.2015v18iEspecial19p07-29.

– Souza ER, Minayo MCS. Inserção do tema violência contra a pessoa idosa nas políticas públicas de atenção à saúde no Brasil. Ciência & Saúde Coletiva. 2010: 15(6);2659-2668. doi: https://doi.org/10.1590/S1413-81232010000600002.

- Grilo PMS, Junior IL. Maus-tratos a idosos: perfil das vítimas, vínculo com o agressor e atuação dos profissionais. Estudos Interdisciplinares sobre o Envelhecimento. 2015:20(2). 611-624. doi: https://doi.org/10.22456/2316-2171.50955.

– Daniel F, Antunes A, Amaral I. Representações sociais da velhice. Análise Psicológica. 2015:3(XXXIII);291-301. doi: https://doi.org/10.14417/ap.972.

- Farias APEC, Silva ALO, Andrade PLC, Medeiros RA de, Queiroz RB de, Dantas SH. Violência financeira contra idosos no âmbito familiar: uma revisão integrativa. Revista Interdisciplinar em Saúde, Cajazeiras. 2020:7(único);261-275. doi: https://doi.org/10.35621/23587490.v7.n1.p261-275 .

- Brasil. Presidência da República. Subsecretaria de Direitos Humanos. Plano de Ação para o Enfrentamento da Violência Contra a Pessoa Idosa. Brasília: SDH. 2005, 24p. Disponível em: [ https://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/plano_acao_enfrentamento_violencia_idoso.pdf ]. Acesso em: 26 maio 2021.

– Almeida GT, Pinto MR. Ampliando as fronteiras da Consumer Culture Theory: articulando o consumo de crédito e a violência financeira no contexto de idosos. Revista Capital Científico. 2020:18(3);117-134. doi: https://doi.org/10.5935/2177- 4153.20200022 .

- Moraes CL, Marques ES, Ribeiro AP, Souza ER de. Violência contra idosos durante a pandemia de covid-19 no Brasil: Contribuições para o seu enfrentamento. Ciênc. saúde coletiva. 2020:25(suppl2);4177-4184. doi: https://doi.org/10.1590/1413-812320202510.2.27662020.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Fator de Impacto ISI- International Scientific Indexing

JCR 0.852 (2017-2018)

JCR 1.021 (2018-2019)

JCR 1.254 (2019-2020)

Qualis CAPES: B4

Índice H: 15,0

Índice i10: 29,0

ISSN Online: 2179-0981 / ISSN Impresso: 2316-848X